Catarina Morais

 

Hiking in Sintra

Hiking in Sintra

 

Hiking in Sintra

 

Hiking in Sintra

 

Hiking in Sintra

 

Hiking in Sintra

 

Hiking in Sintra

 

Hiking in Sintra

 

Hiking in Sintra – Por esta altura no ano passado.

Isto foi quase há um ano atrás e acabei de me aperceber que nunca publiquei estas fotos. Que dia este! Andámos 20km por quase 5 horas no meio do nada. Da Praia das Maças até ao Cabo da Roca (o ponto mais ocidental da Europa Continental).

Fizémos um selfie stick improvisado com um pau que encontrámos perdido só para tirarmos a segunda e sexta fotos. Conhecemos um senhor da Holanda que estava apaixonado por Portugal e andava a correr o país para escolher um sítio para viver. Fizémos um piquenique, comemos um dos melhores pães com chouriço que há e parámos a meio do caminho para beber uma cerveja na praia. Caímos. Muitas vezes. Tememos pelas nossas pernas. Mas também rimos muito! Ainda assim, o meu momento favorito foi quando chegámos lá acima, parámos sem dizer uma palavra e conhecemos o verdadeiro significado do silêncio. Arrepiante.

Uma no depois, combinámos repetir a experiência – na Arrábida, desta vez – mas a vida trocou-nos as voltas. Não vai acontecer por agora, obviamente, mas vai acontecer eventualmente. E estar em contacto com a natureza vai ser mais especial que nunca!

 

Hiking in Sintra – This time last year.

This was almost a year ago and I just noticed I had never published these pictures. What a day this was! We walked 20km for almost 5 hours in the middle of nowhere. From Praia das Maçãs until Cabo da Roca (the most western point in Continental Europe).

We did an improvised selfie stick with a stick we found laying around just so we could take the second and sixth pictures. Met an eldery man from the Netherlands that was in love with Portugal and was running the whole country so he could choose a place to live. We did a picnic, ate one of the best chorizo breads there is and stopped halfway for a beer at the beach. We fell. A lot of times. We feared for our legs. But we laughed a lot, also! Still, my favorite moment was when we got up there, stopped without saying a word and understood the true meaning of silence. Chilling. 

One year later, we agreed to repeat the experience – in Arrábida, this time – but life surprised us once more. It’s not happening for now, obviously, but it will happen eventually. And being in touch with nature will be more special than ever!

 

Follow Catarina Morais on InstagramFacebookBloglovin’ and YouTube!

 

4 thoughts on “Hiking in Sintra”

Leave a Comment