Bonjour, Paris !

Bonjour Paris !

 

Bonjour, Paris !

 

Nem acredito que o meu sonho de infância se vai realizar hoje! Quer dizer, agora mesmo! Aterrei em Paris e estou de momento no autocarro para o centro da cidade. Esta vai ser a minha casa por, pelo menos, um ano. Ohhhh a felicidade de estar numa das minhas cidades favoitas do mundo para fazer uma das minhas coisas favoritas do mundo! A gratidão pela oportunidade. A tristeza de deixar a minha família e o meu país. Mas o orgulho em mim mesma por ter superado todos os obstáculos – e foram muitos – para estar aqui hoje. Estou a sentir tudo ao mesmo tempo! Hoje é o prmeiro dia do resto da minha vida.

Manter-vos-ei a par das Aventuras da Catarina: Versão Parisiense. Mal posso esperar! À bientôt!

So.

I cannot believe my childhood dream is becoming true TODAY! I mean, RIGHT NOW! I’ve landed in Paris and I am currently on the bus to the city center. This will be my home for, at least, one year. Ohhhh the joy of being in one of my favorite cities in the world to do one of my favorite things in the world! The gratitude for this opportunity. The sadness for leaving my family and my country. But the pride on myself for overcoming every obstacle – there were so many – so I could be here today. I am feeling everything at the same time! Today is the first day of the rest of my life.

I will keep you posted on Adventures of Catarina: Paris Edition. I cannot wait! À bientôt !

 

Summer 2020

Summer 2020

 

Summer 2020

 

Summer 2020

Summer 2020.

How much can change in a year?

 

Algures no norte de Portugal, no verão de 2020. estas fotos foram tiradas. É assustador o quanto pode mudar num ano, huh? Continuo a dizer isto todos os anos, mas a vida continua a surpreender-me! Felizmente, isto aplica-se para coisas boas também. E algumas delas estão mesmo ao virar da esquina. Não terei férias este ano – o que, possivelmente, explica o facto de eu estar a ver fotos minhas a flutuar num flamingo… – mas é por uma boa causa!

Pergunto-me o que será que estarei a dizer daqui a um ano, ao pensar em tudo o que se passou no verão de 2021. Parece que me estarei a rir desta confusão toda no meu apartamento em Paris 😀 . Quais são os vossos planos para este Verão?

 

Somewhere in the north of Portugal, on Summer 2020, these pictures were taken. It’s crazy how much can change in a year, huh? I keep saying this, year after year, but life keeps surprising me! Thankfully, this applies for good things too. And some of them are just around the corner. I won’t have holidays this year – which, perhaps, explains why I am looking into  pictures of me floating on a flamingo… – but it is for a good cause!

I wonder what will I be saying one year from now, thinking about my situation on Summer 2021. Guess I will be laughing at all this mess in my Parisian apartment 😀 . What are your plans for this Summer?

No amount of anxiety can change the future

No amount of anxiety can change the future

No amount of anxiety can change the future

No amount of anxiety can change the future

No amount of anxiety can change the future

No amount of anxiety can change the future.

When thinking about life, remember this: no amount of guilt can change the past and no amount of anxiety can change the future.

 

É sempre mais fácil perdoar os erros dos outros do que os meus. Nunca fui pessoa de viver no passado mas as últimas semanas têm sido tão exigentes mentalmente que há demasiada coisa a pesar no meu coração. Não devia ter feito aquilo, devia ter feito isto. E se isto acontecer? E se isto não acontecer? Tenho sempre as expectativas elevadas para tudo na vida mas nada me incomoda mais do que quando eu própria não cumpro essas expectativas. É muito bom que eu tente ser melhor pessoa de dia para dia, acho eu! Mas preciso de compreender que os erros são parte da vida e fazer coisas estúpidas é parte de crescer. A única coisa que eu posso controlar é como me vou comportar daqui para a frente e, ainda assim, cometerei erros.

Li algures o seguinte: Se te stressas demasiado com algo antes de acontecer, basicamente submetes-te ao mesmo duas vezes. Não sei se alguém precisava de ler isto hoje! Mas vai ficar tudo bem.

 

It is much easier to forgive others mistakes than my own. I was never a person that lives in the past but these last few weeks have been so mentally demanding that a lot of things are weighting in my heart. I shouldn’t have done that, I should have done this. What if this happens? What if this doesn’t happen? I always set the bar high for everything in life but nothing bothers me the most than when I fail to reach this bar my own. It’s very good that I try to be a better person everyday, I think! But I also need to understand that mistakes are part of life and doing stupid things is part of growing up. The only thing I can control is how I behave from now on and still, I will make mistakes.

I have also read somewhere the following: If you stress too much about something before it happens, you basically put yourself through it twice. I don’t know if someone needed to hear this today! But everything will be alright.

So. So.